Cores Primárias - Especial

América Latina

Imprimir

Dores da Colômbia

Escrito por Margarida Nepomuceno. Posted in América Latina

revela uma outra faceta da obra de Botero


Masacre de Ciénega, 2001
óleo s/ tela, 158 x 2o1 cm

Até este final de semana, os paulistanos puderam apreciar a mostra itinerante do colombiano Fernando Botero, “Dores da Colômbia” , no Mube, Museu Brasileiro de Escultura, em São Paulo, composta de aquarelas, óleos e desenhos, pertencentes ao acervo do Museu Nacional da Colômbia. As obras, doadas em 2000 pelo artista, já foram expostas em vários países e cumprem uma decisão do Museu de serem exibidas em várias parte do mundo, como um alerta, uma denúncia da situação de violência em que vive a Colômbia. A Mostra anterior foi realizada no Rio de Janeiro, no 2º semestre de 2011.

 

“Dores na Colômbia” revela massacres, como o “Masacre de Ciénega”, de 2001,  e atos de violência, como sequestros, torturas, lágrimas e sangue. São seis aquarelas, 36 desenhos e 25 pinturas que representam um recorte diferenciado da obra do artista colombiano, cuja linguagem plástica recorrente revela ironia, sarcasmo  e visão crítica diante de personagens e situações do cotidiano.

Add a comment